13 de fevereiro de 2008

Uma breve consideração:

-----Hoje, ao abrir o jornal, deparei-me com a notícia daquela rapariga que, em Viseu, foi abortar dentro de uma sanita na casa de banho da residência da escola onde estuda. Do que foi noticiado, a jovem tomou uma dose excessiva de Citotec, um medicamento que conhecia pela sua forte acção abortiva e pelo qual suspirava insistentemente – a acreditar nas palavras da colega – desde o último Natal. O feto, dizem, foi retirado da sanita e metido ainda vivo dentro de um balde onde aguardou, por três horas ou mais, a chegada das autoridades; entretanto a jovem mãe recriou-se na leitura de umas revistas.
-----Neste caso, exige-se que se cumpra a lei, seja ela qual for.

3 comentários:

Ricko disse...

Tens toda a razão, muitos se esquecem que a liberdade escessiva que tem é tirada a outros que até a mereciam mais...

Anónimo disse...

Mude-se primeiro as mentalidades para que se possa cumprir as Leis.
Afinal o que significa a palavra Lei – ...“norma de carácter imperativo, imposta ao homem, que governa a sua acção e que implica obrigação de obediência e sanção da transgressão; preceito ou conjunto de preceitos obrigatórios que emanam da autoridade soberana de uma sociedade, do poder legislativo; conjunto das regras jurídicas estabelecidas pelo legislador; preceito ou norma de direito moral;....” .
Uma garota fez um aborto, é claro que sou contra a forma como ela actuou, há actualmente bastante informação para que já não haja necessidade de se proceder desta forma tão rude e cruel, mas os seus amigos (as) estando presentes, também não agiram na conformidade do acto, impedindo-a de o fazer.
Entendo que a lei tem de ser cumprida por todos, e assim sendo, pergunto, – que se tem feito em relação aos políticos que mentem e não agem na conformidade da lei, que enterram o País num lodo constante e como prémio vão gerir empresas tirando lucros acima da média? Que se faz aos assaltantes que depois de roubar e matar por meia dúzia de euros, saem apenas com pulseiras electrónicas? Que se faz aos pedófilos que violando crianças, são ilibados de todo o processo?!...
Quero apenas dizer que se a lei tem que ser cumprida, que comecem por toda esta gente e depois sim... têm toda a legitimidade para "exigir" que a garota pague pelo que fez.
Exigir é uma palavra muito forte

Beijo

Mac Adriano disse...

Devia pagar pelo crime, e pagar bem. Como deviam muitos mais, diga-se. Mas, nesse país, há dois pesos e duas medidas e nunca se sabe de que lado está a tal de lei. Abraço.

Blogger template 'Blackorwhite' by Ourblogtemplates.com 2008